O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR, VIVARIUM e ABREM. Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

CHAMADA P. PUBLICAÇÃO: FEITIÇARIA E BRUXARIA NÓRDICA

O boletim Notícias Asgardianas (NA) estará realizando para sua edição número 6 uma edição especial sobre feitiçaria e bruxaria nórdica, do medievo ao Renascimento. Crônicas literárias, descrições nas Sagas islandesas, grimórios, objetos da cultura material, imaginário artístico, manuais inquisitoriais, folclore moderno, entre outras fontes que envolvem a temática, serão aceitas.

O boletim é indexado com o ISSN: 1679-9313 e é editado pelo NÚCLEO DE ESTUDOS VIKINGS E ESCANDINAVOS (NEVE).



Sabá de bruxas, Igreja de Yttergran, Suécia, séc. XV.


Quem quiser participar com ensaios de 2 a 4 páginas, envie até 15 de fevereiro de 2014 para o e-mail: johnnilanger@yahoo.com.br 

A formatação é: Fonte Times New Roman 12, espaço 1/5, referências autor-data com bibliografia final. Também é necessário enviar uma fotografia em jpg do autor. As imagens serão inseridas pelos editores do boletim.


PARA ACESSAR TODOS OS NÚMEROS DO BOLETIM NA, CLIQUE AQUI.

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

LITERATURA ESCANDINAVA MEDIEVAL EM DOUTORADO NA UFPB

A pesquisadora Luciana de Campos acaba de ser aprovada para o doutorado em Letras pela UFPB, com a pesquisa: "A representação da guerreira na Saga de Hervor: literatura e gênero na Escandinávia Medieval", sob a orientação da profa. Dra. Luciana Eleonora de Freitas Calado Deplagne. Luciana de Campos é integrante do NEVE, Núcleo de Estudos Vikings e Escandinavos.


A personagem Hervor, em uma recente adaptação francesa da narrativa escandinava (L´Histoire d´Hervör).


Trata-se de um campo temático ainda pouco estudado em nosso país, a literatura nórdica medieval - um dos mais ricos conjuntos literários deste período, em quantidade e riqueza temática.


Luciana de Campos dedica-se ao estudo do medievo há muitos anos, chegando inclusive a participar da fundação da ABREM em 1995 durante uma reunião na Unicamp. Seu interesse em estudos literários abrangeu desde a região lusitana medieval, passando pelo material francês de influência céltica e atualmente estuda fontes escandinavas. Luciana também dedica-se ao estudo da alimentação medieval, tanto em aspectos teóricos quanto experimentais.


A pesquisadora Luciana de Campos

Alguns de seus estudos medievalistas pode ser acessado em pdf na web:

Um banquete para Heimdallr: uma análise da alimentação viking na Rígsthula. História, Imagem e Narrativas, v. 12, p. 01-14, 2011.


In Taverna Quando Sumus: A taberna medieval como espaço de prazer e poder. História, Imagem e Narrativas, v. 16, p. 01-20, 2013.


Á mesa dos tronos: breve análise gastronômica d´As crônicas de gelo e fogo de George Martin, HISTÓRIA, IMAGEM E NARRATIVAS 13, 2012. História, Imagem e Narrativas, v. 07, p. 01-15, 2012.


Brindando aos deuses: representações de bebidas na Era Viking, no cinema e nos quadrinhos. Revista de História Comparada (UFRJ), v. 6, p. 141-164, 2012.


A História antiga e medieval nos livros didáticos: Uma avaliação geral. HISTÓRIA E-HISTÓRIA (NEE: NÚCLEO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS/UNICAMP). História e-História, v. 4/5/07, p. 04/05/2007, 2007.


O rei Marcos e Isolda: interpretando uma pintura oitocentista de temática Celta. Brathair (Rio de Janeiro), v. 05, n.01, p. 95-102, 2005.


Uma leitura de Tristão e Isolda à luz da crítica feminina. Brathair (Rio de Janeiro), v. 02, 2001.




A pesquisadora pode ser contatada pelo e-mail: fadacelta@yahoo.com.br

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

ASTRONOMIA MEDIEVAL EM DOUTORADO NA UFRJ

A pesquisadora Cíntia Jalles de C. de Araújo Costa acaba de ser aprovada para o doutorado em História Comparada pela UFRJ, abordando com o tema de pesquisa a Astronomia em Isidoro de Sevilha: "Uma análise comparada do conhecimento astronômico em sociedades ágrafas e do discurso de Isidoro de Sevilha", a ser orientado pela profa. Dra. Leila Rodriges da Silva. Trata-se de um tema e um campo praticamente ainda inédito no Brasil, o conhecimento astronômico alto-medieval sob a perspectiva da história da ciência.


A arqueóloga Cíntia Jalles de C. de Araújo Costa

Cintia Jalles é arqueóloga e pesquisadora da Coordenação de História da Ciência do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) e uma das pioneiras do estudo de Arqueoastronomia no Brasil.

Resumo do projeto: O presente projeto de pesquisa pretende elaborar uma comparação entre sociedades de realidades distintas, em espaço-tempos distanciados, que têm em comum o fato de possuírem uma subsistência essencialmente dependente das alterações ambientais. Na verdade, o registro do tempo e seu controle é um dos aspectos principais do nosso enfoque. Ou seja, buscamos problematizar as relações de poder estabelecidas em torno do conhecimento e controle do tempo em sociedades organizadas antes do advento da alta tecnologia, com seus aparatos que ampliaram imensamente a capacidade de observação dos fenômenos astronômicos. Em contraste com os povos ágrafos, identificados unicamente através dos vestígios materiais remanescentes da sua cultura, estabeleceremos como ponto de comparação, documentos escritos no exercício pleno da erudição, elaborados nos momentos iniciais da sociedade medieval. E, como a erudição era um aspecto restrito aos clérigos nesta sociedade rural, partiremos da análise dos registros elaborados por Isidoro de Sevilha, que apresentam uma visão de mundo do seu tempo, apontando os referenciais astronômicos reguladores do funcionamento da sociedade em questão. Destacaremos como objeto (aqui, literalmente o objeto físico) os calendários que, repletos de simbologias, são provavelmente os melhores representantes das relações de poder estabelecidas pelo uso e controle do tempo. Estas relações de poder foram constituídas não só no contexto de Isidoro como também, provavelmente o foram para as sociedades ágrafas que elaboraram os diversos registros astronômicos identificados nos painéis rupestres espalhados pelo mundo e que foram objeto inicial de estudo básico para a construção da nossa História da Astronomia.

Cintia já possui vários estudos publicados sobre o tema da Astronomia medieval, disponíveis em pdf na web:




Cintia também já publicou vários livros sobre o tema da Arqueoastronomia brasileira:







terça-feira, 10 de dezembro de 2013

BLOG DO NEVE ATINGE MAIS DE 16 MIL ACESSOS!

O Blog do grupo NEVE atingiu a marca de mais de 16 mil acessos, um número muito grande para um espaço acadêmico na web. 




Também o grupo no FACEBOOK acaba de atingir a quantidade de mais de mil membros associados. Com certeza trata-se do interesse que a Era Viking e a Escandinávia Medieval vem despertando nas novas gerações, que procuram mais informações e contato com pesquisadores no tema.







segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

LIVRO ANALISA COTIDIANO NA IRLANDA MEDIEVAL

Atualmente o medievalismo brasileiro passa por uma forte tendência a valorizar apenas uma visão de medievo: a Igreja, suas instituições clericais, a política, as hagiografias, o Papado. Diversos temas que possuem ampla abordagem na Europa, como cotidiano e cultura popular, são praticamente esquecidos em nosso país. Enquanto a França pesquisa as sensibilidades, a cultura material, as facetas mais diversas da sociabilidade medieval, o Brasil carece de ousadia nas suas pesquisas mais recentes. E se tratando de Europa Setentrional, a situação torna-se ainda mais precária. Um interessante lançamento, de autoria do historiador irlandês Finbar Dwyer, demonstra que é possível realizar um interessante estudo sobre o cotidiano de uma região considerada "periférica" ao mundo continental, mas nem por isso, menos interessante. Sexo, alimentação, diversão, bruxaria, violência, viagens, são alguns dos temas investigados. É possível tornar a Idade Média mais humana, sem deixar a pesquisa acadêmica menos séria e sair um pouco do referencial renascentista de que o melhor sinônimo para essa época foi a Igreja.


Witches, Spies and Stockholm Syndrome, Life in Medieval Ireland
By Finbar Dwyer
New Island Press, 2013
ISBN: 978-1-84840-284-3
The launch of a new book portraying a fascinating insight in to life in medieval Ireland will take place in Dublin and Kilkenny during the next fortnight. Witches, Spies and Stockholm Syndrome, Life in Medieval Irelandby Finbar Dwyer is published by New Island Press.
In this unique book, Dublin based historian Finbar Dwyer has created a captivating picture of life in the Late Middle Ages from fatal tavern fights to football; sex to sea travel and other topics often neglected by histories of the period.
Stories of interest include:
Two sailors who survived a hanging in Dublin in 1311
The demise of the Knights Templar in Ireland.
Witchburnings.
An Irish monk who visited China in the 1320s
The Black Death in Kilkenny.
Finbar Dwyer, historian and founder of the chart topping Irish history podcast series, said “Much of the time the lives of ordinary people who didn’t have titles of nobility – those who were unconnected to the likes of Strongbow – are neglected in our modern telling of history. While these peoples’ stories are integral to the history of the period, they are also fascinating considering these were times when famine, plague, warfare and extreme violence were all too common.”
“While it was one of the darker chapters in our history, life continued nonetheless and in this book I’ve looked at the personal stories of those who struggled to survive. It was unquestionably a strange world, but one far from the stereotypical chivalry of romantic literature – where fatal tavern fights, abductions, executions and warfare were part of life. In Witches, Spies and Stockholm Syndrome I step away from the usual narrative of medieval history where the story of our ancestors is too often told through the lives of a few important men.”
The book will be launched in The Cobblestone Pub, Smithfield, Dublin on November 28th and Dubray Books, Kilkenny on December 5th; it is available from New Island Press for €19.99 and in all good book stores.
Texto em inglês: Medievalismo.net 



quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

JOÃO PESSOA SEDIARÁ EVENTO ESCANDINAVISTA

A cidade de João Pessoa será sede do próximo evento promovido pelo NEVE, o II COLÓQUIO DE ESTUDOS VIKINGS E ESCANDINAVOS. O mesmo ocorrerá simultaneamente com a realização do III SEMINÁRIO DE ESTUDOS MEDIEVAIS DA PARAÍBA, promovido pelo Grupo Interdisciplinar de Estudos Medievais da UFPB. Os dois eventos serão realizados com apoio dos Programas de Pós Graduação em Letras e Ciências das Religiões da Universidade Federal da Paraíba. 



O tema dos dois eventos será: Mito, literatura e performance, e os mesmos ocorrerão em agosto de 2014. Uma das conferências já confirmadas será com o professor Dr. João Lupi (UFSC) com o tema: A mitologia escandinava em Richard Wagner.

Maiores informações sobre inscrições e outros detalhes serão divulgadas futuramente.