O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR (Associação Brasileira de História das Religiões). Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

terça-feira, 24 de novembro de 2015

PALESTRA SOBRE MITOLOGIA NÓRDICA EM MARINGÁ, PR

 
Palestra: "As representações de honra e vingança nas narrativas mitológicas e heróicas dos Vikings (Escandinávia - Séculos VIII a XII)", com Flávio Guadagnucci Palamin (Doutorando em História pela UEM, membro do NEVE, co-autor do Dicionário de Mitologia Nórdica).
UEM - Campus Sede (H-12 Sala 14), dia 30/11, das 17h30 às 19h30.
Ciclo de Palestras - Trajetórias de Pesquisa em História, Cultura e Política.
Promoção: DHI/PPH/LERR/LAPPOM
Público: Alunos e professores dos cursos de Ciências Humanas, professores da Rede Básica de Educação e público interessado em geral.
https://www.facebook.com/events/1648603638755858/
 
 

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

CONCURSO CULTURAL: SÉRIE VIKINGS

 
CONCURSO CULTURAL: SÉRIE VIKINGS
O grupo NEVE vem a comunicar a abertura de um concurso cultural para o dossiê Série Vikings (NA 10). O melhor ensaio será premiado com dois livros (Dicionário de Mitologia Nórdica e uma versão impressa do NA). Todo trabalho enviado para o dossiê será avaliado e o resultado final definido pela equipe editorial do NA, sendo o resultado publicado no site e no blog do NEVE.
Critérios para o concurso:
1 - não ser membro do NEVE (registrado no CNPQ)
2 - estar matriculado em curso regular de IES ou ser profissional graduado ou docente
3 - o ensaio deve estar adequado às normas do boletim e à temática do dossiê da edição 10 do NA (série Vikings)
4 - o ensaio deve apresentar norma padrão da língua escrita
5 – Critérios para avaliação: qualidade da narrativa, originalidade do tema, metodologia, problemáticas, bibliografia.
 
Chamada para o dossiê Série Vikings (edição 10 do NA)
O boletim Notícias Asgardianas (ISSN: 1679-9313) realizará em sua décima edição um dossiê especial dedicado à série televisiva Vikings, do History Channel. Além de constituir um grande sucesso de público, a série vem despertando interesse renovado no estudo ou conhecimento do mundo nórdico na Alta Idade Média, reforçando o fascínio que o Ocidente vem construindo desde o início do Oitocentos sobre a figura do viking. Os interessados podem enviar propostas de análise desta produção midiática e artística, contendo artigos envolvendo perspectivas da História, Literatura, cotidiano, religiosidade, política, aspectos sociais e culturais, semióticos e estéticos, cinematográficos, ressignificações e imaginário social.
 
Os trabalhos devem ser enviados até o dia 20 de janeiro de 2016 ao e-mail: neveufpb@yahoo.com.br
 
 
 
 

domingo, 15 de novembro de 2015

Arqueólogo amador encontra tesouro Viking em ilha dinamarquesa

Curador do museu: um tesouro como esse só é encontrado a cada dez ou quinze anos

 It’s very rare to have found so many Harald Bluetooth coins (photo: Museum Vestsjælland)
 
É algo muito raro encontrar tantas moedas com a efígie de Haroldo Dente Azul (foto: Museu de Vestsjælland)

 
28 de outubro de 2015, 8:31, por Christian W. Tradução de Pablo Gomes de Miranda (UFRN/NEVE)

Um arqueólogo amador fez uma descoberta esplêndida na ilha de Ømo, ao largo da costa ao sul da Zelândia.

A descoberta – que consiste em um raro tesouro de prata, datado desde a Era Viking – foi feita quando Robert Hemming Pulsen realizou uma viagem a trabalho para instalar cabos de fibras óticas. Junto Ele levou consigo o seu detector de metais e saiu à caça de tesouros enterrados após a tarefa.

“Um tesouro como esse só é encontrado a cada dez ou quinze anos”, disse Hugo Hvid Sørensen, o curador do Museu de Vestsjælland, onde o tesouro agora está em exposição. “ele abrange vários itens e está muito bem conservado em razão de ter sido enterrado em terra arenosa”.

Facetas de Haroldo Dente Azul

Poulsen fez a descoberta original em setembro, logo depois o Museu de Vestsjælland foi autorizado pela autoridade cultural Kulturstyrelsen a lidar com o sítio de escavação, que foi prospectado por completo ontem.

Sørensen sustentou que o achado é importante porque vai fornecer informações aos estudiosos sobre um dos períodos mais antigos da Dinamarca.

“É muito raro encontrar tantas moedas com a efígie de Harald Blåtand (Haroldo Dente Azul) – uma das moedas mais antigas desse período”, disse Sørensen.

Artigo original em inglês: http://cphpost.dk/news/amateur-archaeologist-finds-viking-treasure-on-danish-island.html

domingo, 8 de novembro de 2015

O DMN EM PROMOÇÃO NA CULTURA!



O Dicionário de Mitologia Nórdica está em promoção na Livraria Cultura, sendo vendido a R$ 47,90. Aproveitem e adquiram a melhor obra em português sobre o tema! Organizado e escrito pela equipe do NEVE, além de contar com a colaboração de especialistas estrangeiros.

 
 

domingo, 1 de novembro de 2015

NEVE PARTICIPA DE MESA REDONDA EM FORTALEZA

 
 
O historiador Lucas Fernandes (PPGH-UECE/membro do NEVE), participou de uma mesa redonda em Fortaleza com a comunicação: "A Construção da Pesquisa em Escandinavística Medieval no Brasil". A mesa foi promovida pelo ARCHEA – Grupo de Pesquisa em Cultura Escrita na Antiguidade e na Medievalidade (UECE).

Com o título "Pesquisa em História Medieval: possibilidades e limites no campo historiográfico cearense", a mesa também contou com a participação da Profa. Ms. Raquel Carvalho (PPGLetras/ UFC), Luan Lucas Araújo (História UECE/ IC-FUNCAP), Lívia Gouveia (História UECE/ IC-UECE) João Bruno Fraga (História UECE/ IC-UECE).
O local da atividade foi o auditório do MAHIS/ UECE (Mestrado Acadêmico em História e Culturas).
A seguir, um relato de Lucas Fernandes sobre a sua participação no evento:

"O Grupo ARCHEA buscou realizar uma mesa que contivesse tanto apresentação de pesquisa, como também apresentasse para os alunos de graduação as possibilidades de realizar no Brasil, especificamente no Ceará as pesquisas em medieval. Nesse sentido eu apresentei um trabalho intitulado “A Construção da Pesquisa em Escandinavística Medieval no Brasil”, onde buscava apontar o panorama histórico e a situação medieval do país, assim como apontar as possibilidades, ferramentas e desafios do pesquisador. Nesse sentido, apresentei elementos de constituição da pesquisa, como fazer, como localizar fontes, como realizar e onde publicar, apresentação de grupos de pesquisa e estudo, panorama da produção nacional da área. Buscando fomentar o incentivo a pesquisa e revelar o constante aumento da produção de referências nacionais, assim como indicar os elementos que propiciaram a construção dessa pesquisa e a evolução do cenário atual. O trabalho focou em pensar elementos metodológicos de pesquisa, análises de fontes e da inserção da História Cultural nos objetos do medievo, focando na análise das últimas produções sobre Escandinávia, apresentando o Dicionário de Mitologia Nórdica (publicado pela Editora Hedra, 2015), o boletim Notícias Asgardianas, dissertações, teses e outros elementos da produção historiográfica. Por fim, como exemplo, foi dialogado com a construção da minha própria pesquisa e seus desafios a vir e os já superados e como esse processo se deu e como se pretende prosseguir."