O grupo interinstitucional NEVE tem como principal objetivo o estudo e a divulgação da História e cultura da Escandinávia Medieval, em especial da Era Viking, por meio de reuniões, organização de eventos, publicações e divulgações em periódicos e internet. Conta com a colaboração de professores, pós-graduandos e graduandos de diversas universidades brasileiras, além de colaboradores estrangeiros. Filiado à ABHR (Associação Brasileira de História das Religiões). Registrado no CNPQ. Contato: neveufpb@yahoo.com.br

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Simbologia animal nórdica é tema de mestrado na UFPB

Ricardo Menezes




Membro do NEVE Defende Dissertação Sobre Representação de Animais em Monumentos Pétreos
                     Me. Pablo gomes de Miranda (PPGCR-UFPB)
 
   Ricardo Wagner Menezes de Oliveira, membro do NEVE e do VIVARIUM, defendeu na segunda-feira (26 de setembro de 2016), no Centro de Educação da Universidade Federal da Paraíba, a sua dissertação de título “Feras Petrificadas: o simbolismo religioso dos animais da Era Viking” pelo Programa de Ciências das Religiões (PPGCR) da mesma instituição.
            Orientado pelo prof. Dr. Johnni Langer e avaliado por uma banca composta pelos professores Deyve Redyson Melo dos Santos, Maria Lucia Abaurre Gnerre e Luciana Eleonora de Freitas Calado Deplagne, Oliveira apresentou em slides os principais pontos de suas pesquisas que consistiu na investigação de não só de estelas, mas de ricos vestígios funerários onde pudessem ser encontradas as relações do sagrado entre o homem e os animais que o cercam.
            Como exposto pelo pesquisador, sempre que possível as conexões com a mitologia nórdica foram consideradas, utilizando principalmente poemas do repertório Escáldico, achado nas diversas Sagas Islandesas, além de Poemas e textos das Eddas. Porém, como exposto na apresentação, nem sempre tais conexões são fáceis de encontrar ou produzem resultados claros, restando tecer conjecturas baseadas no diálogo das representações encontradas com o exame da cultura material ou dos achados em escavações arqueológicas.
            Apontando principalmente as representações de pássaros, canídeos e equinos, o pesquisador relatou que a lacuna deixada nas análises rigorosas de ursídeos e suínos, apesar de serem encontrados nas fontes escritas da mitologia nórdica, foram intencionais no sentido de que suas as poucas representações na cultura material, inclusive fora do contexto da Era Viking, impossibilitou, no âmbito da pesquisa de mestrado, produzir conclusões críticas e relevantes ao assunto. Por último, ainda comentou que as representações das serpentes e os seus simbolismos na mitologia e religiosidade nórdica, apesar de abundantes, estiveram apenas parcialmente no trabalho por razões de planejamento da dissertação, mas apontou a existência da produção bibliográfica em português.
Composição da banca (esquerda para a direita): Maria Lúcia Gneurre; Luciana Deplagne; Johnni Langer; Deyve Santos

            Ricardo Wagner Menezes de Oliveira foi considerado aprovado pelo programa e tornou-se mestre em Ciências das Religiões. Segue o resumo de sua dissertação:
Os vikings, populações que habitavam a Escandinávia Medieval, antes da adoção do cristianismo como religião oficial, possuíam um riquíssimo conjunto de crenças, ritos e mitos que foram parcialmente preservados pela cultura oral, por manuscritos e por vestígios arqueológicos e que vem sendo estudado por pesquisadores de todo o mundo. A presente dissertação realiza uma investigação dos simbolismos religiosos atribuídos aos animais em monumentos de pedra erguidos durante a Era Viking, e para tanto, utilizamos como objeto central de estudo a iconografia presente nas estelas escandinavas, fazendo um diálogo entre estas representações imagéticas e as fontes literárias da mitologia nórdica, bem como com diversas outras fontes da Religiosidade Nórdica Pré-Cristã. Desta maneira, além de evidenciar as peculiaridades, indagações e características religiosas relacionadas aos principais animais presentes na religiosidade nórdica, este trabalho fornece um panorama geral da atual conceituação da religiosidade dos vikings e seus aspectos mais relevantes em uma abordagem sistematizadora, pois nenhum elemento da fascinante religiosidade deste povo pode ser entendido desassociado dos demais.
Palavras-chave: Animais; Religiosidade Nórdica Pré-Cristã; Simbolismo



terça-feira, 27 de setembro de 2016

LITERATURA NÓRDICA NA 3a. JORNADA DE ESTUDOS MEDIEVAIS DA UFPE




3ª JORNADA DE ESTUDOS MEDIEVAIS

31 DE OUTUBRO E 01 DE NOVEMBRO DE 2016

AUDITÓRIO EVALDO COUTINHO

CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO DA UFPE



DIA 31.10 (SEGUNDA-FEIRA)

8h00: Credenciamento
8h40: Lançamento do nº 11 da Revista ESTUDOS PORTUGUESES
9h00: Conferência de abertura pelo professor Dr. Anco Márcio Tenório Vieira
           (UFPE) sobre o tema “Da impossibilidade da forma cristã na poesia moderna”.
Mediação do professor Dr. André de Sena (UFPE).


DAS 10h30 ÀS 12h30:

1ª MESA-REDONDA: “ESTUDOS DE LITERATURA PORTUGUESA”.
Mediação do professor Dr. José Rodrigues de Paiva (UFPE).

·                    “O Auto da feira: alegoria, tradição medieval e riso renascentista”
Professora Bianca Campello Rodrigues Costa (doutoranda – UFPE).

·                    “ ‘Quem pode ver-te que não chore e se abrande?’: (in)visibilidades e
            configurações de cena na Castro de António Ferreira”
Professora Jéssica Cristina dos Santos Jardim (doutoranda – UFPE).

·                     “A relevância d’Os Lusíadas para o ethos contemporâneo”.
Professor Peron Rios (doutorando – Sorbonne Nouvelle / Paris III).


DAS 14h30 ÀS 16h30:

2ª MESA-REDONDA: “ESTUDOS DE LITERATURA HISPÂNICA”
Mediação do professor Dr. André de Sena (UFPE).

·                    “Releitura da visão da figura da mulher nos textos medievais hispânicos”
Professor Dr. José Alberto Miranda Poza (UFPE).

·                     “As memórias de Leonor López de Córdoba: inaugurando linhagens”
            Professora Dra. Luciana Calado (UFPB).

·                     “Cantigas de Malmaridadas: relações entre mulher, casamento e erotismo na  Idade Média”
            Professora Dra. Karine Rocha (UFPE).

·             “Juan Ginés de Sepúlveda: humanista e cronista imperial de Índias”
    Professor Dr. Juan Pablo Martin Rodrigues (UFPE).


DAS 17h00 ÀS 19h00:

SESSÃO DE COMUNICAÇÕES
Mediação do professor Dr. André de Sena (UFPE).


DIA 01.11 (TERÇA-FEIRA)

DAS 9h00 ÀS 12h30:
3ª MESA-REDONDA:  LITERATURA NÓRDICA MEDIEVAL: TEMAS E ENFOQUES
Mediação do professor Dr. André de Sena (UFPE).

·                     “As sagas islandesas nas línguas neolativas: trajetórias e perspectivas”
Professor Dr. Johnni Langer (DCR-UFPB/NEVE).

·                    “E da terra gelada nascem as mais belas palavras: a importância da difusão e  
estudo da literatura nórdica medieval no Brasil”
Doutoranda Luciana de Campos (PPGCL-UFPB/NEVE).

·                    “Folclore e tradição oral na literatura nórdica medieval”
           Mestranda Andressa Ferreira (PPGCR-UFPB/NEVE).

·                    Caçando um Herói: Helgi Hundingsbani na literatura latina e nórdica”
 Doutorando Pablo de Miranda Martin (PPGCR-UFPB/NEVE).



DAS 14h30 ÀS 17h00:
4ª MESA-REDONDA: “VÁRIAS FACES DA CULTURA MEDIEVAL”
Mediação do professor Dr. José Rodrigues de Paiva (UFPE).

·                    “Usos e abusos da história medieval na política européia”
Professora Dra. Cristine Dabat (UFPE).

·                     “O tangível e o transcendente em ‘A pérola’, poema medieval inglês”
Professor Dr. Antony Bezerra Cardoso (UFRPE/UFPE).

·                    “A ressiginificação do diabo e a demonização da mulher”
Professora PhD Eliana Calado (UFPB).

·                    “O pensamento historiográfico medieval em uma perspectiva poliédrica: texto e
contexto, paleografia e codicologia”
Professor Dr. Luciano José Vianna” (UPE).


17h30:
·         Encerramento com uma apresentação musical.


Comissão Organizadora:
Professor Dr. André de Sena Wanderley
Professor Dr. José Rodrigues de Paiva
Mestranda Letícia Santos




sexta-feira, 23 de setembro de 2016

NOVO ARTIGO ANALISA A RELIGIÃO DOS VIKINGS NO CINEMA





A revista Ciências das Religiões: história e sociedade, em sua última edição, acaba de publicar um estudo sobre a religiosidade dos vikings no cinema: "Fé, exotismo e macabro: algumas considerações sobre a Religião Nórdica Antiga no cinema", escrito por Johnni Langer, membro do NEVE.
Trata-se de um dos poucos estudos sobre as representações dos vikings na arte cinematográfica, publicados em língua portuguesa.
A revista é editada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie  (UPM) e recebe o conceito da Capes Qualis B1 em Religião.

O artigo pode ser acessado clicando aqui.

  

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

PERIÓDICO INTERNACIONAL CITA ARTIGO DE BRASILEIRO SOBRE VIKINGS




O periódico Economic Systems 40(2), Junho 2016, pp. 198–205, em sua publicação: "How did trade norms evolve in Scandinavia? Long-distance trade and social trust in the Viking age", de Gunnar Lind Haase Svendsena, citou o artigo "The origins of the imaginary viking", de Johnni Langer.

O periódico Economic Systems é editado pelo Institute for East and Southeast European Studies, com sede na Universidade de Reginsburg, Alemanha. O artigo de Svendsena pode ser acessado clicando AQUI. 


   
O artigo de Johnni Langer pode ser acessado clicando aqui. 



sábado, 17 de setembro de 2016

MITO E LITERATURA NA ESCANDINÁVIA MEDIEVAL




Da esquerda para a direta, os professores, José Lucas Cordeiro Fernandes, Ricardo Wagner Menezes de Oliveira e Pablo Gomes de Miranda
 



MITO E LITERATURA NA ESCANDINÁVIA MEDIEVAL


                                      João Paulo Teixeira (Graduado em História pela UFC)


O grupo NEVE, em parceria com o grupo ARCHEA – Cultura Escrita e Oralidade na Antiguidade e Medievo, representados pelos professores Me. Pablo Gomes de Miranda(UFPB/NEVE), Me. José Lucas Cordeiro Fernandes(UECE/NEVE/ARCHEA) e Ricardo Wagner Menezes de Oliveira(UFPB/NEVE/VIVARIUM), organizaram mais uma mesa – redonda sobre os estudos escandinavos, dessa vez no auditório do Mestrado Acadêmico em História(MAHIS/UECE). 



Com o tema, Mito e Literatura na Escandinávia Medieval, os neveiros apresentaram partes de suas pesquisas atuais, abordando assuntos como a arte oitocentista representando mitos, como o da Caçada Selvagem, as representações em monumentos de pedra representando pássaros e aves, principalmente o corvo e a águia, como eram mencionados em diversas fontes, como batalhas, ao lado do deus Odin, adornos utilizados pelos escandinavos e o seu simbolismo em rituais funerários e religiosos, finalizando com um estudo sobre as sagas de famílias, representada pela Brennu-njáls saga, na qual,  levando em consideração o tempo em que se passa a história e o tempo da tessitura é feita uma análise sobre a relação entre a vingança e o perdão, na ótica cristã e pagã.


Eventos como esse se mostram de grande importância, visto que servem de porta de entrada para novos historiadores que têm interesse de seguir na área de medieval e para mostrar o crescimento cada vez maior dos estudos em Escandinávia Medieval no Brasil, que terá no próximo mês uma amostra de toda essa expansão, no maior evento de pesquisas escandinavas no país, o IV Colóquio de Estudos Vikings e Escandinavos – CEVE, que acontecerá entre os dias 19 e 21 de outubro na Universidade Federal da Paraíba – UFPB.


Mesa - Redonda: Mito e Literatura na Escandinávia Medieval, UECE

- Mito e Política na Caçada Selvagem: breves apontamentos sobre a poética escandinava medieval e suas apropriações na Noruega oitocentista
Prof. Me. Pablo Gomes de Miranda (UFPB/NEVE)

- Pelo fim da vingança: a ótica do perdão na disputa entre a ética pagã e cristã nas representações da Brennu-njáls saga (séc. XIII)
Prof. Me. José Lucas Cordeiro Fernandes (UECE/NEVE/ARCHEA)

- Sabedoria do destino: o mito do corvo no diálogo entre a literatura e cultura material do medievo nórdico
Prof. Ricardo Wagner Menezes de Oliveira (UFPB/NEVE/VIVARIUM)